Os Que Choram

“Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados” (Mateus 5:4).

Jesus aqui coloca o “choro” como uma disposição daqueles que experimentarão a felicidade. Esse choro que nos leva à bem-aventurança não fala de tristeza pessoal ou melancolia, também não se refere a alguém mal-humorado, mas trata de uma disposição de espírito: o quebrantamento! O que para o homem caído parece uma qualidade repugnante, fruto de fraqueza e descontrole emocional, no conceito bíblico se refere a uma expressão desesperada de nosso espírito que clama por perdão de pecados e mudança interior.

O mundo abomina esse choro porque tem estado indiferente a Deus e Sua Palavra: não aceita o fato de ter que se arrepender e depender absolutamente do Criador. Jesus sabe o que é chorar. Em Isaías 53.3 Ele é descrito como “homem de dores e que sabe o que é padecer”; João descreve em seu evangelho o Filho de Deus “chorando” (Jo 11.35) e Lucas 19.41 relata o choro do Messias sobre Jerusalém. Deus chorando? Isso mesmo! Deus chora pelo nosso pecado, pela nossa indiferença, por nossa dureza de coração e pelo estado decadente em que o pecado nos deixou! Que o homem possa se ver como Deus o vê: carente do perdão e misericórdia divina e então correr para os Seus braços de amor.

Que nesse tempo de clamor por mudança interior e avivamento, o Espírito Santo gere em nós esse choro, um choro desesperado por ter Jesus vivendo Sua vida em nós: “…coração compungido e contrito, não o desprezarás, ó Deus” (SI 51.17).

A igreja não pode estar mais indiferente ao mundo sem Deus, não pode mais desdenhar seu próprio estado de soberba espiritual. Muitos entre nós têm perecido e tristemente não o percebemos. O profeta Jeremias faz uma oração profética pela igreja: “Prouvera a Deus a minha cabeça se tornasse em águas, e os meus olhos, em fonte de lágrimas! Então, choraria de dia e de noite os mortos da filha do meu povo” (Jr 9.1). Em Tiago 4.9 a Palavra de Deus nos adverte: “Afligi-vos, lamentai e chorai. Converta-se o vosso riso em pranto, e a vossa alegria, em tristeza” (Tg 4.9)

Há uma promessa para os que choram! Para aqueles que agonizam por uma transformação de vida: “eles serão consolados”. Jesus é chamado de O Consolador de Israel! Ele mesmo nos tomará em Seus braços e nos consolará: “Como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece dos que o temem” (Sl 103.13). Esse é o caminho para a verdadeira felicidade: “…Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã” (SI 30.5). Você tem chorado? Então receba a promessa: “pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima” (Ap 7.17)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: